Regime de Bens no Casamento

Regime de Bens no Casamento

Eventão    07/11/2011



A lei brasileira prevê três tipos de regimes de bens no ato do matrimônio

Comunhão universal de bens

Neste regime de matrimónio, todos os bens de ambos os nubentes passam a pertencer ao casal. O casal é encarado como uma única entidade detentora de todos os bens, mesmo aqueles que cada um dos nubentes detinha antes do casamento. Em caso de separação, tudo será dividido pelos dois.

Comunhão parcial de bens

Neste regime de bens, existe separação de bens apenas nos bens que os nubentes já possuíam antes do casamento, sendo que os bens que cada um adquire após o casamento pertencem ao casal.

Separação de bens

Neste regime, apesar de se efetuar um matrimônio, existe uma total separação de propriedade de bens. Cada cônjuge mantém como apenas seu tanto os bens que levou para o casamento como os que adquiriu após o matrimônio. No Brasil quando o homem tem mais de 60 anos ou a mulher mais de 50 anos o regime de separação de bens é obrigatório.


Gostou? Compartilha com os seus amigos. Assim eles veem essa dica bacana e nós ficarmos motivados pra produzir mais conteúdo interessante :-)


Podemos te avisar assim que tivermos mais dicas?

Não se preocupe, nós odiamos spam tanto quanto você :-)

Orçamento de Festa

Já ajudamos 29419 eventos a receber orçamentos dos profissionais que atendam na sua cidade.

Podemos te enviar orçamento, sem compromisso?

 

​Após o cadastro você receberá um email de confirmação.
Não se preocupe, também não gostamos de SPAM.